Atração

2 em 3 brasileiros admitem ter falha de habilidade para mercado de trabalho

Uma pesquisa encomendada pela Udemy, destaca que 2 em cada 3 brasileiros admitem ter falhas de habilidades para enfrentar o mercado de trabalho atual e nos próximos 5 anos. Na maioria, as falhas atingem mulheres mais jovens, entre 18 e 30 anos, na fase inicial da vivência profissional, com baixa renda e das regiões Norte e Nordeste.

Os profissionais brasileiros lideram a lista dos países com mais percepção para as falhas em habilidades, seguido da França (81%), Estados Unidos (79%), Alemanha (74%), México (66%) e Espanha (65%).

O estudo mostra que 65% dos brasileiros se sentem afetados por essas falhas e que as habilidades mais valorizadas para conquistar melhores oportunidades são comunicação, trabalho em equipe, criatividade, atendimento aos consumidores, pensamento crítico e resolução de problemas.

Mais de 43% dos entrevistados admitem que precisam aprimorar habilidades como trabalho em equipe e soluções de problemas, enquanto 40% acreditam necessitar de mais conhecimento em liderança e gerenciamento de habilidades. Outros 36,9% consideram importante qualificar-se mais em aspectos técnicos, como códigos de programação e análise de dados.

A pesquisa também aponta que quase 90% dos brasileiros consideram o mercado de trabalho bastante competitivo. Em contrapartida, 45,7% se sentem qualificados para atender às demandas deste mercado, 37,6% se consideram acima da média e apenas 11% confiam plenamente na sua qualificação.

Na opinião de mais de 40% dos brasileiros, a localização geográfica é um fator limitador de oportunidades de trabalho e, por isso, cerca de 42% recorrem a cursos ou vídeos online para complementar o conhecimento.

“Outro ponto interessante da pesquisa é que conseguimos identificar que, devido à grande extensão do Brasil, muitos brasileiros estão procurando, por conta própria, por cursos online para conseguir qualificação e conquistar uma boa colocação”, explica o country manager da Udemy, Sérgio Agudo.

A grande maioria das pessoas pesquisadas (90%) afirma que a falta de recursos financeiros é algo que atrapalha bastante na busca por qualificação. Em seguida, os entrevistados apontam os poucos recursos tecnológicos, a dificuldade de locomoção e mobilidade urbana, o conhecimento de outro idioma, a falta de tempo e a insegurança pública como outros limitadores.

Encomendada pela Udemy, a pesquisa foi realizada pela Mind Pesquisas entre 26 de setembro e 3 de outubro de 2017. Um total de 1.002 pessoas, de 387 cidades de todos os estados brasileiros, foram entrevistadas. A totalidade de entrevistados é composta de pessoas empregadas em regime integral, em diversas áreas, de forma que o resultado pudesse refletir a diversidade do mercado de trabalho local. A margem de erro é de 3,1% para mais ou para menos.

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
21º TOP of MIND de RH
x
Web Analytics