Engajamento

5 dicas infalíveis (e muito simples) para motivar os colaboradores

É bastante comum as organizações acreditarem que a motivação de uma equipe está diretamente atrelada ao aumento de salário e benefícios, no entanto, a exigência dos colaboradores modernos vai além. Cada vez mais eles levam em conta a qualidade de vida para serem felizes onde trabalham.  No mês em que se celebra o Dia do Trabalhador, a especialista em comportamento Flávia Riccó, também diretora da empresa de móveis para escritório Riccó, lista cinco maneiras para aumentar o bem-estar dos funcionários e mantê-los engajados:

1. Use o café a seu favor: a pausa para o cafezinho pode até parecer corpo mole, mas, se a empresa adequar este espaço, não necessariamente passa essa impressão. Flávia diz que é ideal o café estar bem posicionado na empresa. Trazer ele para perto das estações de trabalho, possibilita o seu uso para reuniões mais informais e rápidas. Também fica fácil a visualização de quem está ou não extrapolando.

2. Escute o que seu colaborador tem a dizer sobre a estação de trabalho: será que as gavetas que estão ao lado da mesa são utilizadas como deveriam? A disposição dos espaços de trabalho está adequada?  Ninguém melhor do que o colaborador para falar sobre o seu ambiente de trabalho. Ele poderá dizer o que é funcional para ele ou não e, a partir disso, a empresa poderá ser mais assertiva e fazer adaptações necessárias.

3. Não economize na hora de comprar a cadeira: “Essa é a peça principal do mobiliário de uma companhia, então deve ser não apenas funcional, mas principalmente confortável”, afirma Flávia.  De acordo com a especialista, o assento ideal precisa oferecer suporte lombar que mantenha a curvatura da coluna com uma postura saudável para evitar as temidas dores nas costas após longas jornadas de trabalho. “Cadeiras não são todas iguais. Aposte nas projetadas de forma que minimizem a fadiga e reduzam os pontos de pressão, estimulando até a circulação sanguínea. Elas também devem oferecer ajustes de altura do assento e dos braços para se adaptar às necessidades de diferentes biotipos”, conclui.

4. Estimule seu colaborador a levantar para atender o celular: “É muito comum as empresas olharem torto para o funcionário que levanta para atender o celular. Essa postura precisa mudar, já que ficar de pé, pelo mínimo que seja, coloca o corpo em movimento.  Isso sem contar que em um local reservado a pessoa mantém o foco da conversa por telefone, possibilitando ele poder falar mais alto e não atrapalhar quem estiver ao seu redor”, diz.  Ela completa ainda explicando que só o fato de levantar pode fazer toda a diferença na qualidade de vida. Pesquisas comprovam que sentar por longas horas faz mal à saúde e pode acarretar uma série de problemas, como sedentarismo, má circulação, dores nas costas e na coluna, diminuição na expectativa de vida.

5. Promova novas experiências: convide parceiros da área de atuação da empresa e colegas de profissão para trocar experiências na empresa.  “É saudável ouvir outros profissionais da área. A troca de conhecimento pode render resultados interessantes e tornar o ambiente de trabalho mais inspirador”, aponta Flávia Riccó.

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics