Cultura

América Latina: estudo revela que 46% das donas de casa trabalham fora; busca pela saúde alterou os hábitos alimentares de 30% da população local

O estudo Consumer Watch Lifestyles Latam mapeou o estilo de vida dos latino-americanos e revelou que 46% das donas de casa são mães que trabalham fora, sendo que três em cada quatro delas gostam de seu trabalho e da independência financeira proporcionada pela atividade. Segundo o levantamento, elas gostam de se arrumar, mas preferem exibir um visual natural, gastando, anualmente, US$ 300 em produtos de beleza. Cada vez mais em busca da saúde e bem-estar, 30% da população local mudou os hábitos alimentares no último ano, passando a consumir menos sal, açúcar e frituras.

O Consumer Watch Lyfestyles Latam, estudo conduzida pela consultoria Kantar Worldpanel, analisou as principais cidades de 15 países da América Latina para conhecer a intimidade das pessoas e obter uma compreensão mais holística, humana e real de como vivem as famílias na região. Neste ano, a pesquisa teve como foco esmiuçar como os latinos vivem, se cuidam e se divertem.

De acordo com os dados, sete em cada 10 famílias têm filhos vivendo sob o mesmo teto. O estudo aponta também que as mulheres latinas têm o hábito de se arrumar, porém mantendo um “visual natural”, de modo que só se maquiam em ocasiões especiais. Em média, compram 12 categorias de produtos de cuidados pessoais, sendo os itens para os cabelos e os perfumes ou colônias os que demandam mais investimento– e um dos principais atributos em que se atêm ao escolher um produto é seu cheiro ou sua fragrância.

Na cozinha, a mulher é a protagonista, já que em 93% das famílias é ela quem cozinha, fazendo isso praticamente todos os dias. Em média, elas dedicam duas horas diárias a essa tarefa, buscando preparar receitas fáceis e rápidas, sendo que o almoço é a refeição mais importante do dia. Porém, ter de cozinhar não é uma coisa que todas amam: ainda que 8 entre 10 delas façam isso diariamente, 18% das entrevistadas não gostam ou acham entediante desempenhar essa função.

A pesquisa mostrou que a preocupação com a saúde diminuiu, já que outros assuntos passaram a ocupar a mente dos consumidores, como insegurança, inflação e a dificuldade de administrar o orçamento doméstico sem exceder os gastos. A despeito dessas novas inquietações, 30% dos lares dizem ter mudado os hábitos alimentares no último ano, com diminuição do consumo de sal, açúcar e frituras. Já os lácteos representam uma verdadeira contradição: é um tipo de produto que muitos procuram aumentar seu consumo e outros tentam reduzi-lo.

Na América Latina, predomina o estilo de vida sedentário (seis em cada dez entrevistados); dois terços não praticam exercícios físicos e, se o fazem, é com pouquíssima frequência. Em relação ao tempo livre, os adultos gostam de desfrutá-lo sozinhos e em frente à TV. Não à toa, assistir a séries é a atividade predominante nos momentos de descanso. As crianças, por sua vez, brincam com o videogame em seu tempo livre.

“As mulheres fazem mais atividades do que seus filhos e maridos e se preocupam. Em geral, as latinas têm um bom equilíbrio entre o que gostam de fazer e suas responsabilidades, ainda que quatro em cada dez delas sintam ter menos tempo livre do que gostariam. Há muitos estilos de vida distintos e esse é um ponto de grande importância que as marcas devem considerar quando falarem com seus shoppers. Assim, além das diferenças em relação à região ou demografia, todos têm gostos e estilos de vida diferentes”, afirma Patricia Beber, country manager da Kantar Worldpanel no Brasil.

“Uma marca com lifestyle gera empatia e senso de pertencimento, tornando possível que a empresa esteja dentro do dia, ou melhor, dentro da vida do consumidor, naturalmente envolvendo-o à marca”, diz Virginia Garavaglia, diretora de Marketing da KantarWorldpanel para a América Latina.

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics