Estratégia

C&A divulga estratégias de Sustentabilidade

A empresa do segmento de Moda C&A acaba de anunciar o lançamento do ‘Relatório Global de Sustentabilidade 2017’. O documento tem o objetivo de divulgar as conquistas sustentáveis da marca que fazem parte de uma relação de metas a serem cumpridas até 2020 que baseiam-se nos pilares de: produtos, rede de fornecimento e vidas sustentáveis. “Nosso progresso no último ano é resultado direto de como a sustentabilidade está inserida em todas as ações comerciais. A sustentabilidade é parte importante de como desenhamos e produzimos nossas peças a fim de garantir que foram fabricadas de forma a respeitar pessoas, animais e o meio ambiente”, afirma Jeffrey Hogue, diretor global de Sustentabilidade da C&A. Veja abaixo alguns dados presentes no material.

Números

Dentro das metas de Sustentabilidade da empresa, existe a pretensão de que 67% de todas as matérias-primas devem advir de fontes mais sustentáveis. Atualmente, o cenário é que  65% do algodão utilizado nos produtos apresentam certificação de orgânico ou são fabricados de acordo com os padrões Better Cotton (algodão BCI). Em 2016, essa taxa era de 53%.  Além disso, 44% das matérias-primas usadas nas coleções da C&A – como algodão, viscose e poliéster – agora são adquiridas de forma mais sustentável.

Ao redor do mundo

Na Europa e na China, a companhia também deu um importante passo ao se comprometer com a obtenção de 100% de suas fibras de celulose artificiais a partir de fornecedores que não utilizam madeiras de corte retiradas de florestas nativas e ameaçadas no mundo. Recentemente, aconteceu a fabricação dos seus primeiros produtos com nylon reciclado com a linha de lingerie certificada pelo Global Recycled Standard.

Quando se trata de mercado global, existem mais de 1,3 milhões de peças com o Certificado Cradle to Cradle (C2C)™, sendo a maior coleção de moda sustentável em escala. “O programa de certificação Cradle to Cradle fornece a visão necessária para nossa estratégia de economia circular. Por meio do fornecimento de peças com o selo Cradle to Cradle™, oferecemos as primeiras coleções produzidas com altos padrões sociais. Ou seja, são 100% seguras, sem qualquer material tóxico, produzidas com energia 100% renovável e água 100% reciclada. Cada peça é pensada para que possa ser, posteriormente, reciclada”, diz Hogue.

Impacto ambiental

A C&A é uma das poucas empresas do setor de Varejo de Moda que divulga de forma transparente as suas pegadas de gás carbônico e de água. Em 2017, houve uma redução de uso de carbono em 15%, e de 14% de água. Contudo, o objetivo é reduzir ainda mais o uso destes elementos na produção de matérias-primas. A empresa também se comprometeu a utilizar ‘Metas Baseadas em Ciência’ (Science Based Targets) para reduzir os impactos na mudança climática.

#VistaAMudança

A fim de trazer o pensamento sustentável aos consumidores, a companhia desenvolveu a campanha #VistaAMudança. Trata-se de uma ação para ajudar os clientes a tomarem melhores decisões de compra e conhecerem melhor os aspectos sustentáveis das roupas. Na prática, os produtos sob o selo #VistaAMudança são produzidos de forma mais sustentável em relação aos métodos convencionais.

Para acessar o relatório completo, clique aqui.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics