Carreira

Com a crise, dispara a quantidade de brasileiros que desistem de viver no Brasil

A quantidade de pessoas que decidiram deixar o Brasil para viver em outro país cresceu 165% em um período de sete anos. Em 2011, 8,1 mil declarações de saída definitiva foram entregues à Receita Federal; em 2017, contudo, esse número mais que dobrou, e 21,7 mil brasileiros deixaram o país até 13 de dezembro (dados mais recentes).

O salto mais expressivo na debandada coincide com o auge da crise econômica no Brasil, de 2015 para 2016, quando o número de declarações entregues subiu mais de 40%. No ano anterior, o aumento tinha sido de 19% e, de 2013 para 2014, de 24%. Os números englobam tanto as saídas de brasileiros quanto de estrangeiros que residiam no país (veja tabela abaixo).

De acordo com Jorge Botrel, sócio da JBJ Partners, empresa especializada em Empreendedorismo, Consultoria de Negócios e Expatriação para os EUA, apesar de terem motivos paralelos recentes, relacionados à regularização de quem tem patrimônio não-declarado no exterior, oriundas da Lei de Repatriação de Recursos de 2016, o grande fator de saída definitiva do Brasil ainda advém da falta de perspectiva com a melhoria política do país, e da falta de perspectiva de que nos próximos anos teremos melhorias em itens básicos como segurança, saúde e educação.

Ano Exercício Quantidade de Declarações de Saída Definitiva do País
2017 21.717
2016 20.493
2015 14.612
2014 12.241
2013 9.858
2012 9.412
2011 8.170

 

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics