Carreira

Como utilizar o WhatsApp no mundo corporativo?

O mundo virtual tem armadilhas sutis que podem colocar em risco a carreira de profissionais de todos os níveis. E um desses “alçapões” é o aplicativo WhatsApp. Quem afirma isso é a consultora de imagem corporativa Renata Mello, consultora de imagem corporativa. Confira algumas dicas sobre a melhor forma de interagir com o aplicativo na entrevista a seguir.

É aconselhável fornecer o número do WhatsApp para clientes?

Quando se trabalha com atendimento, e a regra é estabelecer um bom relacionamento com os clientes, é considerado válido fornecer o número para eles. Mas o ideal é que isso esteja acordado previamente com a empresa e com o profissional. Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais conectadas e sem paciência de esperar. Por este motivo é comum ao ter dificuldade de encontrar alguém via telefone, imediatamente enviar mensagens pelo WhatsApp, perguntando da disponibilidade em falar. E se a resposta não vier rápida, corre-se o risco de receber uma ligação inesperada no meio do trânsito ou de um compromisso. É assim que acontece, infelizmente.

Vale a pena ter um número apenas para o WhatsApp corporativo, ou pode-se usar o número pessoal?

Depende. Se você decidir usar o seu telefone particular para atender também clientes, colegas e chefia , vale estabelecer algumas regras para não causar a sensação de que você nunca desliga.  A primeira regra é, ao fornecer seu número, esclarecer que é pessoal e que atenderá apenas no horário comercial. Mas, mesmo combinando com o cliente ou colegas de trabalho, se houver algum problema, estes não respeitarão a regra e você receberá ligações ou mensagens fora do horário comercial. Sugiro que, nestes casos,  estabeleça-se  regras pessoais: quem você atende ou não fora de hora? E procure cumprir com essa regra.

Se o cliente manda uma mensagem a noite ou aos finais de semana, como proceder?

Melhor não dizer a frase “Hoje é domingo, não estou trabalhando. Não posso ajudar”. O ideal é ouvir a solicitação com paciência, avisar que você não tem as informações para resolver tão prontamente o pedido dele, mas que vai tentar no primeiro horário da segunda-feira resolver. Agora, se o problema for realmente muito urgente ou grave, atendê-lo em situações como esta ficará marcado e o cliente irá valorizar a ajuda num momento de tensão. Difícil esquecer. Vira um ponto positivo a seu favor.

Qual a regra para a foto do perfil?

A maioria das pessoas, por acharem que o celular é delas, entendem que podem colocar a foto que quiserem no perfil do WhatsApp.  E eu já vi cada foto… Mas, creiam, a partir do momento que seu uso também acontece no ambiente corporativo ele, quer queira quer não, torna-se a extensão do seu trabalho, de sua imagem e, consequentemente, do seu profissionalismo. Evite colocar fotos sensuais, fazendo biquinho ou careta, com bebidas, ou fotos com a família, animais de estimação ou com roupa de banho.

Quais os cuidados para não cometer nenhuma gafe profissionalmente?

Tome cuidado para não responder às pressas. Às vezes, podemos mandar mensagens para o destinatário errado, escrever de qualquer jeito, ser informal demais ou não prestar atenção no corretor do celular. Seja objetivo nas mensagens profissionais. Se você é muito ocupado e tem dificuldade de responder prontamente às solicitações, o melhor é ficar offline e olhar o celular a cada meia hora. Dessa forma você consegue manter o ritmo do seu trabalho e cria um sistema para não deixar de atender os pedidos via aplicativo.

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics