Engajamento

Copa: como aproveitar os jogos para integrar colaboradores

Os departamentos de uma organização costumam ser muito separados e apresentar perfis claramente distintos. Por sua vez, a Copa do Mundo é uma excelente oportunidade de unir o ambiente organizacional em torno de um único sentimento. Neste caso, as políticas de Recursos Humanos fazem a diferença já que “as pessoas podem se conhecer melhor e até construir amizades”, afirma Milena Bizarri, gerente de RH da Mazars – companhia global de consultoria e auditoria empresarial.

Segundo a especialista, as iniciativas da área de RH capazes de integrar os colaboradores durante o evento esportivo são:

– Criar ambientes compartilhados para assistir aos jogos a fim de gerar laços entre os departamentos.

– Estimular a participação dos funcionários na ambientalização da empresa.

– Permitir o uso de camisas da Seleção Brasileira para dar vazão ao sentimento das pessoas.

– Desenvolver competições sadias entre os colaboradores para ver qual turma é a mais animada para tornar o ambiente mais interativo.

Outra sugestão da Milena é o modelo de gamification. A técnica que utiliza jogos para fins profissionais tem como objetivo estimular o comportamento desejado a partir de uma estrutura motivacional com base em fases. Ou seja, a etapa seguinte representa sempre um desafio maior e mais atraente.

A Mazars começou a integração antes da Copa e permitiu a troca de figurinhas do álbum do Mundial na hora do almoço e fim de expediente. Já na partida do Brasil, a empresa criou um ambiente para transmissão em cada escritório. A global também realizou o “Quiz da Copa” que trata-se de um jogo interno com disputas pelas melhores decorações de departamento e gritos de torcida mais criativos. A iniciativa funciona como um game em que cada partida do Brasil representará uma fase, partindo sempre da lógica motivacional: vencer uma etapa significa iniciar um desafio ainda maior na seguinte. No fim, conquistas em cada uma dessas fases valerão moedas virtuais, que poderão ser trocadas por prêmios que vão ajudar na torcida pela Seleção. A competição, construída de maneira sadia, faz parte de um trabalho de fortalecimento e união do grupo.

“Vemos pessoas de diferentes áreas, que por vezes só se conheciam de vista, interagindo e descobrindo afinidades. É um sucesso. Estamos certos de que veremos reflexos na leveza do ambiente de trabalho”, comemora a gerente.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics