Atração

Empregadores brasileiros reportam as melhores expectativas de emprego em três anos, aponta estudo

O ManpowerGroup entrevistou 850 empregadores no Brasil e 58.712 empregadores em 43 países e territórios fazendo a seguinte: “Como você projeta a empregabilidade em sua região nos próximos três meses em comparação com o trimestre atual?”.

A pesquisa mostra que as intenções de contratação entre janeiro a março 2018, atingiram + 6% no Brasil. Os planos de contratação melhoraram 4 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior e 13 pontos percentuais comparado com o mesmo período do ano passado. A pesquisa revela que 13% dos empregadores brasileiros esperam aumentar os níveis de contratação nos próximos três meses, 8% antecipam uma redução nas contratações e 72% não preveem mudanças.

“Esta é uma boa notícia. Com sinais de recuperação econômica após três anos de recessão, as empresas estão aumentando timidamente as contratações, o que já está refletindo na melhoria da taxa de desemprego. Além desta recuperação, os indicadores macroeconômicos são favoráveis, com uma queda drástica da inflação e das taxas de juros criando um cenário favorável para a retomada do investimento e da criação de empregos”, diz Nilson Pereira, CEO do ManpowerGroup Brasil.

“Esta retomada baseia-se principalmente no cenário econômico global com maior estabilidade e aumento no preço das commodities que impulsionam setores relacionados ao agronegócio e às exportações. Em nossa pesquisa, os empregadores do setor industrial informam a previsão mais otimista com 13%, enquanto o setor de construção é o pior com -1%”, segundo Pereira. “Apesar da decepcionante previsão do setor de construção no primeiro trimestre,
notamos que a perspectiva melhorou nos últimos levantamentos. Portanto, é possível que essa tendência continue e que possamos ter uma melhor notícia para os candidatos a emprego no próximo ano”.

O Brasil é 28º país com melhor intenção de contratação para o próximo trimestre, subindo 12 posições deste o último levantamento realizado pelo ManpowerGroup. As melhores perspectivas do ranking são reportadas pelos empregadores de Taiwan, Japão, Índia, Estados Unidos e Costa Rica. Enquanto isso, os empregadores relatam as perspectivas de contratação mais fracas na Áustria, Itália, Bélgica e França. Pelo segundo trimestre consecutivo, desde a recessão global em 2009, não há perspectivas negativas divulgadas nos 43 países e territórios pesquisados.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics