Cultura

Experiência dos colaboradores deve ser a pedra fundamental de qualquer estratégia de RH, diz executiva da Oracle

Uma empresa não consegue prosperar sem proporcionar uma boa experiência aos consumidores. Mas e quanto aos colaboradores? Essa experiência também é essencial e, por isso, deve ser a pedra fundamental de qualquer estratégia de Recursos Humanos.

Para construir essa base, o primeiro passo é mudar a abordagem. Em vez de se concentrar na gestão dos processos operacionais, o importante é ter como prioridade a criação de um ambiente de trabalho melhor para seus funcionários. Existem várias plataformas que facilitam os aspectos operacionais e ajudam as áreas de Recursos Humanos a colocar as pessoas em primeiro plano.

É essencial levar experiências que encantam a cada interação entre um atual ou futuro colaborador tornando a organização especial e dinâmica. Hoje existem, por exemplo, soluções tecnológicas para Recursos Humanos que aprimoram e modernizam os processos para experiências satisfatórias no local de trabalho, desde a integração até a interação com os colegas e o desenvolvimento de competências no longo prazo. O ideal é que os times, assim como os clientes, tenham um contato digital eficiente e interativo, com acesso rápido a informações sobre treinamentos, benefícios, férias, salários e todos os aspectos de carreira e desenvolvimento.

Ao incorporar soluções de classe mundial aos processos de rotineira, a área de Recursos Humanos poderá ser mais eficiente e moderna. Além disso, a automação vai gerar dados sobre as equipes a fim de compreender o comportamento de cada um e ter acesso a informações personalizadas e preditivas.

Outra vantagem disso é tornar a comunicação muito mais fluida, pois estarão disponíveis em qualquer lugar, a partir de qualquer dispositivo e a qualquer momento.

Ao melhorar a experiência dos times, a empresa passará a contar com muitos benefícios. A tecnologia poderá ajudar os funcionários a se autogerenciarem e assim permitir que a área de Recursos Humanos tenha um foco menos operacional e mais transformativo.

Um exemplo bem atual do uso da tecnologia em RH são chatbots. Eles ajudam a responder dúvidas por meio de mensagens de texto simples ou bate-papo, aceitar uma oferta com um único clique, iniciar um processo de integração antes do primeiro dia de trabalho ou sugerir aplicações divertidas, como cuidados com a saúde e bem-estar.

Dessa forma, será possível criar estratégias em que os funcionários sejam o principal pilar da empresa e assim elevar os níveis de produtividade bem como o de felicidade dos colaboradores.

Já está comprovado que funcionários felizes têm clientes satisfeitos. Nunca antes as áreas de RH estiveram tão preparadas para agregar valor aos negócios com o apoio da transformação digital.

Por Carolina Florez, vice-presidente de Recursos Humanos da Oracle América Latina.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics