Engajamento

Home office é opção para 55% dos trabalhadores corporativos no Brasil, segundo pesquisa

O home office é uma prática que vem ganhando espaço no Brasil e que deve crescer ainda mais com a mudança na legislação trabalhista. 55% das pessoas por aqui fazem pelo menos um dia de home office por semana, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Spaces – espaço de trabalho flexível original de Amsterdã, que inaugurou sua primeira unidade no Brasil em junho. A pesquisa foi realizada previamente à chegada da empresa ao Brasil.

Mesmo assim, o home office pode ser um desafio, pois é necessário adaptar o trabalho à rotina da casa. “Nem sempre a pessoa possui a estrutura ou o ambiente necessários para trabalhar de casa todos os dias, o tempo todo. Por exemplo, poucas pessoas têm um espaço propício para uma reunião em casa. Sem contar que existe a questão das outras pessoas que vivem no local, filhos, etc., que podem interromper momentos de trabalho importantes”, comenta Otávio Cavalcanti, diretor do Spaces no Brasil. “Por isso, temos visto que o trabalho remoto tem sido acompanhado, também, de um crescimento na oferta de espaços de coworkings, por exemplo”, acrescenta.

A demanda por atenção da família é um desafio para 43% das pessoas, enquanto os barulhos da casa, como máquinas de lavar e campainhas, se mostram um incômodo para 40% das pessoas. Outros pontos também podem se tornar empecilhos, como a questão da tecnologia. 

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics