Atração

Idosos destacam-se no mercado de trabalho

Sabedoria, experiência, conhecimento e paciência são algumas das principais qualidades que podem ser encontradas nos profissionais seniores. Neste contexto, um dado interessante é que no mês em que se comemora o Dia dos Avós (26/07), esse grupo tem motivo para celebrar: Mais do que nunca estão ativos no mercado de trabalho. A tendência no universo dos negócios acontece por conta do envelhecimento progressivo da população mundial que passará de 606 milhões para cerca de 2 bilhões até 2050.

Ainda segundo informações divulgadas pelo Relatório Mundial de Saúde e Envelhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS), este aumento será marcante em países emergentes nos quais a população idosa quase quadruplicará ao atingir o número de 1,6 bilhões de pessoas. No Brasil, a estimativa é um alcance de 65 milhões de idosos.

De acordo com Astrid Vieira, consultora e diretora da Leaders – HR Consultants,os profissionais mais maduros estão no mercado para complementar a renda familiar, cumprir com as despesas médicas e pelo desejo de continuarem ativos. A especialista afirma que este público se faz presente principalmente nas seguintes áreas: Serviços, Administração Pública, Indústria e Comércio.

Diante deste cenário, um dos grandes receios entre as empresas é o de que o sênior não tenha o vigor necessário para desempenhar funções laborais intensas. Porém, hoje é evidente que as dificuldades e demandas são as mesmas dos profissionais jovens. Outro contraponto ao pensamento instalado nas corporações em relação aos idosos, é o de que eles são capazes de transmitir os conhecimentos adquiridos ao longo da construção de suas carreiras, o que possibilita a continuidade dos negócios.

Dados de mercado

Segundo a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) divulgada pelo Ministério do Trabalho, o número de pessoas entre 50 e 64 anos no mercado formal de trabalho cresceu cerca de 30% entre 2010 e 2015 – Período em que as carteiras assinadas passaram de 5,8 milhões para 7,6 milhões.

O grupo de trabalhadores com idades acima de 65 anos também aumentou. Em 2010 era um total de 361,3 mil e já em 2015 foi para 574,1 mil. Ou seja, um crescimento de 58,8%.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics