Carreira

Pesquisa revela perfil do novo empreendedor

Jeff Bezos encabeçou na semana passada, mesmo que por algumas horas, a lista das pessoas mais ricas do mundo com 90,5 bilhões de dólares, ultrapassando Bill Gates com 90,1 bilhões de dólares. O negócio dele? A Amazon, que começou em 1994 com venda de livros online e hoje vende pela internet quase tudo que o consumidor deseja. A SAP, líder no segmento de desenvolvimento de softwares empresariais aumentou em 33% da sua receita no Brasil, somente no primeiro trimestre de 2017, oferecendo novos negócios nas nuvens. Que tecnologia é o futuro, não temos como negar. Cada vez mais o mercado e os empreendedores se adaptam a esta realidade e seguem por este caminho.

Só para se ter uma ideia, a abertura de Empresas de TI em São Paulo bateu recorde no primeiro semestre de 2017, de acordo com o levantamento feito por um escritório de contabilidade da capital. “Os empreendedores estão cada vez mais atraídos pelo mercado digital”, comenta Marli Martins, diretora da Contabilidade Olímpia. Das empresas abertas neste período, o segmento de TI corresponde a 40% delas. “É um percentual bastante significativo e para nós sinaliza a tendência do mercado”, diz a diretora.

Esse levantamento foi feito com o intuito de traçar o perfil do novo empreendedor. Ainda de acordo com o levantamento da contabilidade, depois de TI, as áreas mais procuradas são Saúde e Estética com 19,1% das aberturas e Consultoria e Administração com 14,5%.

Apesar da taxa de desemprego ter caído para 13,5% no Brasil, segundo o IBGE, os brasileiros estão cada vez mais atraídos pela oportunidade de ter o próprio negócio. A abertura de empresas tem crescido a cada dia e os números não negam: o faturamento da Contabilidade Olímpia saltou de R$280 mil para R$370 mil em apenas 6 meses. A Contadora explica que a maior procura foi pela modalidade ME (Micro Empresa) tanto Individual como Sociedades Ltda.  “O modelo ME proporciona uma facilidade de se recolocar no mercado de maneira formal, legal e com tributação simples.  Com CNPJ a pessoa vira dono do seu próprio negócio”.

Comentários

comentários

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics