Gestão

Por um RH cada vez mais estratégico

Os últimos dois anos foram de cautela para a maioria das empresas que fornecem soluções para a área de RH. Ainda que oportunidades pontuais tenham surgido, a recessão econômica não permitiu grandes investimentos e inovações e acabou inibindo o avanço tecnológico que vinha marcando o segmento no início desta década.

As empresas mais preparadas para lidar com esse tipo de cenário, nebuloso e incerto, passaram a reestruturar suas propostas de valores, fortalecendo pontos que há muito mereciam atenção e desenvolvendo novas soluções, mais enxutas e sintonizadas com as demandas atuais do RH (cada vez mais sintéticas e assertivas). É o caso da Datamace.

Fundada em 1987, celebrando portanto três décadas de trajetória neste ano, a Datamace está posicionada no mercado brasileiro como uma das líderes nacionais em soluções integradas para a gestão de Recursos Humanos, para todos os setores da economia. Com uma carteira de mais de 3.000 clientes em todo o território nacional, a história da companhia é marcada pelo conhecimento das regras de negócio pelo investimento em pessoas e em novas tecnologias.

Em um país cuja mortalidade das empresas é de mais de 50% apenas nos primeiros quatro anos, trata-se, inegavelmente, de um momento para celebrar. Segundo o presidente da organização, Edson Milton Cabezaolias, os diferenciais que trouxeram a Datamace até aqui são “muito trabalho, muito foco no cliente, muita atenção aos detalhes e planejamento”. Ele complementa: “Acredito que os pilares fundamentais de nossa conquista são o Respeito e a Honestidade”.

Na prática, a experiência acumulada ao longo das últimas três décadas “possibilita à Datamace oferecer soluções personalizadas, baseadas em plataformas já testadas e com o objetivo de simplificar as atividades da administração de pessoas nas empresas. A partir dela, podemos oferecer serviços de suporte contínuo e com atualizações legais constantes para, garantir a eficiência e a performance do RH das organizações”.

Capital humano no centro da estratégia

Como não poderia deixar de ser em uma empresa que lida diretamente com profissionais de RH, a Datamace valoriza sua força de trabalho, afinal é justamente na capacidade intelectual de seus colaboradores que reside boa parte de seus diferenciais competitivos. “Os profissionais da Datamace estão absolutamente determinados a oferecer o mais alto nível de atendimento e suporte a todos seus clientes. Para manter a posição de liderança, a Datamace aproveitou toda sua experiência em TI e vem investindo em novas gerações de software, utilizando tecnologias de ponta”.

Nos últimos anos, conforme relata o presidente Cabezaolias, até para lidar com a recessão econômica, “fizemos um orçamento anual e um planejamento financeiro e investimos em tecnologia (nova plataforma de desenvolvimento, novos e poderosos servidores e estações de trabalho) para possibilitar uma grande melhoria nos produtos já desenvolvidos”. A expectativa é que esse nível de investimento garanta soluções ainda mais estratégicas ao RH.

“A nova geração de softwares da Datamace são aplicativos modulares e integráveis, que funcionam totalmente via internet, baseado na tecnologia webservices.Ao adotar as soluções Web, as organizações poderão reduzir seus custos, aumentar seu desempenho e ganhar agilidade operacional, tornando-as capazes para reagir às dinâmicas demandas em constante transformação”.

Do ponto de vista, Cabezaolias diz: “A expectativa é alta, porém eu particularmente acredito que teremos uma repetição do que foi 2015 e 2016. Dizem que o ano no Brasil só começa depois do Carnaval, então estamos ansiosos para que o ano comece e comece bem”.

eSocial, este imbróglio

É sabido que, desde 2014, o Brasil está diante da implantação do maior e mais ambicioso projeto do SPED: o SPED Social ou eSocial. O projeto, que envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal, tem como premissa a consolidação das obrigações acessórias da área trabalhista em uma única entrega. O eSocial reúne e dá quitação às obrigações que ainda são enviadas em momentos e formas distintas.

Está inclusa no projeto a entrega de todas as declarações, resumos para recolhimento de tributos oriundos da relação trabalhista e previdenciária, bem como informações relevantes acerca do contrato de trabalho. A centralização trará ganhos tanto para quem envia − através da redução da burocracia envolvida −, quanto para o Fisco. Para o Governo, a entrega única facilitará, e muito, a busca e crítica de irregularidades, tais como prazos desrespeitados, erros de cálculo e declarações inconsistentes. Será exercido também maior controle sobre a saúde e segurança do trabalhador, bem como os afastamentos e doenças laborais que deverão ser declarados quase de maneira instantânea quando a empresa tomar conhecimento de tais fatos.

Nesse sentido, as empresas precisam estar atentas e organizadas para cumprir os prazos exigidos, principalmente no que for relacionado aos RET – Registros de Eventos Trabalhistas, que nada mais são do que a comunicação do empregador sobre alterações relevantes na relação trabalhista. Estes registros deverão ser entregues assim que o evento ocorrer, sob risco de multa pela falta de comunicação no prazo adequado.

No entanto, após sucessivos atrasos na data de entrada em vigor do eSocial, empresas como a Datamace têm amargado um grande impacto financeiro negativo. “Este projeto já nos consumiu mais de 13.000 horas de análise, programação e testes em cerca de 4 anos. Não temos como repassar este custo aos clientes por força dos contratos, então é por isso que o impacto financeiro é gigantesco”, explica o presidente da Datamace.

De acordo com o último cronograma divulgado, o eSocial torna-se obrigatório a partir de janeiro de 2018 para empresas com faturamento acima de 78 milhões e em junho de 2018 para todas as outras.

Comentários

comentários

Comente aqui!

Qual sua opinião?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desde 1998 p&n é uma plataforma de conteúdos referência em Gestão de Pessoas e mundo do trabalho. Tanto nas versões web e impressa, com sua linha editorial independente, é focada na melhor entrega de informações e serviços para os profissionais de RH.

curte com a gente!

© 2017 Revista Profissional & Negócios. By Rockbuzz | Estratégia Digital

TOP
Web Analytics