Gestão

Quais são as principais causas na demora de entrega de atividades?

Em um ambiente onde existem vários projetos que acontecem de forma paralela, as interrupções nos fluxos de trabalho são as principais causas de demora na entrega das atividades e alongamento dos cronogramas, devido ao compartilhamento de recursos entre projetos e atividades operacionais.

Faça o seguinte teste: selecione alguns dos projetos que tiveram uma performance ruim na empresa nos últimos anos e verifique com a equipe o número de interrupções que houveram, não discriminando o motivo. Realocações de prioridade, falta de recursos, conflitos de agenda, demora no retorno de parceiros e assim por diante. Você verá que na grande maioria das vezes o número de ocorrências é altíssimo.

“Você acaba percebendo que o tempo total que o projeto ficou parado, na maioria das vezes, é maior do que o tempo no qual havia pessoas trabalhando nele”, comenta Ricardo Leite, consultor na Goldratt Consulting “É preciso adequar o volume de trabalho de acordo com a disponibilidade de recursos e adotar medidas práticas que reduzam significativamente o nível de multitarefa”, completa.

Segundo Leite, é possível adotar as seguintes medidas para melhorar o quadro:

  • Elevado nível de atenção gerencial nas questões relativas a projetos;
  • Uso de ferramentas adequadas para proteger as principais entregas contra a variabilidade natural dos cronogramas;
  • Um mecanismo único e simples de priorização capaz de orientar todas as atividades dos projetos em execução;
  • Um processo de feedback rápido e confiável que possa reorganizar o trabalho e as prioridades de acordo com o ritmo de execução realizado;
  • Um nível adequado de carga de trabalho a capacidade disponível;
  • Multitarefa sob controle, não causando interrupções no fluxo dos projetos;
  • E finalmente, mas não menos importante. Resultados rápidos que validem e atestem que a direção da solução está correta.

Não existe solução mágica que resolva os projetos da empresa e que os façam serem realizados rapidamente e com o retorno planejado. “Se realmente projetos forem uma prioridade na sua empresa, estes objetivos só serão atingidos com o foco e com a atenção correta no assunto”, explica Ricardo Leite. “Não há metodologia que funcione sem isso”, completa.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics