Gestão

Qual é o limite saudável da competitividade entre funcionários

Desde os primórdios da humanidade o conceito de “competição” faz parte da vida do ser humano – afinal, homem e animal já competiram até mesmo por comida. Diante de um recorte para o ambiente profissional e para a nossa carreira, que é moldada pelo que conquistamos em um mercado complexo e marcado pela concorrência, quais os limites dessa competição? Uma pesquisa da companhia global de recrutamento, Page Personnelmostrou que 40,3% dos entrevistados acreditam que a competição é necessária no ambiente de trabalho.

No entanto, de acordo com Roberta Vilela, consultor e diretor da Mega Empresarial, quando há uma distorção desse cenário a equipe certamente é prejudicada.“Existe uma linha bastante tênue quando o assunto é competição entre colegas. Em qualquer caso é essencial que os colaboradores tenham claras as metas que precisam atingir e saibam que todos estão atuando por um objetivo em comum, que é o sucesso da empresa. É importante pensar na própria carreira, mas quando esse fator se sobressai, o que vemos é o bloqueio de informações, quebra de confiança, equipes mal estruturadas e uma disparidade das atuações”, comenta.Ainda segundo o especialista, um dos erros estratégicos das organizações é não estabelecer metas conjuntas, que devam ser cumpridas com a atuação de todo o time.

Vilela acrescenta que entre as atitudes que apontam uma competitividade além dos limites saudáveis estão a apropriação intelectual, a distorção de informações e a indução ao erro. “Percebo que uma equipe está no caminho errado quando nela estão indivíduos que preferem guardar um dado importante para o desempenho da empresa a compartilhar com os demais”.

Vale ressaltar que, por mais que a competitividade atue, muitas vezes, como um fator motivacional, quando ela é regada em excesso (principalmente desde a infância), ela pode atuar como uma obsessão e ser a catalisadora de problemas psicológicos e emocionais graves. A competitividade empresarial é tão fluída internamente quanto em relação a empresas concorrentes, portanto cabe também à própria gestão identificar os excessos e desenvolver métodos de trabalho que auxiliem a lidar com o problema, como metas cujo cumprimento dependa do trabalho em equipe.

Comentários

comentários

TOP
Web Analytics